Novos Programas de Português do Ensino Básico

Blogue dos Formandos da Escola Básica Integrada de Rabo de Peixe

Arquivo de Reflexões

Escrever é difícil!…

Era uma escola pequena, a minha, com um professor tirânico(…)

– Estás a olhar para ontem, idiota?

E é verdade, estou a olhar para ontem. Até o amanhã é ontem às vezes. Charlie Parker interrompeu uma vez uma gravação, atirando com o saxofone a gritar

– Já toquei isto amanhã

e ninguém foi capaz de convencê-lo a continuar. Como eu o compreendo, como às vezes sinto

– Já escrevi isto amanhã

e rasgo tudo. Um trabalho difícil, quase tão difícil como viver.

 António Lobo Antunes (2007, p. 98, Prelúdio II)

A gente não lê

“Ler muito é um dos caminhos para a originalidade; uma pessoa é tão mais original e peculiar quanto mais conhecer o que disseram os outros.”

Miguel Unamuno

A Flor Mais Grande do Mundo

“E se as histórias para crianças fossem de leitura obrigatória para os adultos?”

“Seríamos realmente capazes de aprender aquilo que há tanto tempo ensinamos?”

José Saramago

Como melhorar as escolas

Estratégias e dinâmicas de melhoria das práticas educativas


O processo de mudança educativa e da própria cultura escolar, longe de veleidades administrativas de controlo é, por natureza, dinâmico e, em parte, imprescindível. Após várias décadas dedicadas a introduzir alterações no currículo e a analisar e investigar a vida de tais inovações, sabemos que se trata de um processo complexo, não dependente apenas de vontades individuais nem de alterações estruturais, que deve implicar todos os membros da escola em dinâmicas de trabalho e compromissos que a tornem capaz de se auto-renovar, com a esperança de que essas mudanças se possam institucionalizar, passando assim a fazer parte da cultura organizativa da escola.

António Bolívar (1999, p. 49)